Translate

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Guirlanda decorativa.

Quem não quer ter uma casa bonita e agradável, que te inspira e ter faz sentir melhor cada vez que você ...

Temos vários modelos de guirlandas ,enfeite de maçaneta,parede.Disponibilizamos peças prontas e também oferecemos aulas.Contatos pelo e-mail:atelienandarts@gmail.com ou   fernanda79araujo@gmail.com

Sua casa precisa de você tanto quanto você precisa dela. Cuide dela, encha-a de mimos, se possível, feitos por suas próprias mãos. É muito gratificante ver o resultado do nosso trabalho estampado nas paredes, nos móveis, nos cômodos.
 
Vejamos alguns motimos para decorar o lar: 
Para valorizar as pequenas alegrias.Não é de uma felicidade encantadora olhar para aquela parede linda que você pintou? É importante dar valor as alegriazinhas, às pequenas coisas simples da vida, porque as grandes alegrias não acontecem em número suficiente para manter você feliz.
  
Para cultivar sua memória. Uma parede de fotografias, a escrivaninha do seu avô, a colcha que a sua avó bordou, o seu primeiro canivete. Coisas que fazem parte da memória ausente, da memória presente, coisas que lembram quem você é. Quando mudamos uma planta de vaso não é importante que ela vá com um pouco da terra do vaso anterior? Pois então, certos objetos são o seu grosso da terra. Adicione emoção à sua casa.

Para aprender a ser eco-responsável. Procure fazer escolhas ecologicamente conscientes, como priorizar a iluminação natural e o consumo moderado de água. Reaproveite o que puder, compre peças usadas e renove-as. Doe móveis e peças que ainda podem ser usadas por outras pessoas. Isso não é só moderno, isso é inteligente.

Para aprender a planejar.Decorar uma casa inclui fazer contas, elaborar um planejamento, definir prioridades. Aprender a fazer bem estas coisas te ajuda em outros campos da vida.

Para não supervalorizar.Não adianta colocar aquela cadeira de design numa posição de destaque, mas que atrapalha a circulação da casa. Oscar Niemeyer disse uma vez que o importante não é a arquitetura, é a vida. Decorar sua própria casa, com carinho, e aos poucos, passa pelo aprendizado de não achar importantíssima a compra daquela mesa caríssima, ou a contratação daquele decorador das estrelas. Às vezes uma mesa é só uma mesa, e é assim que deve ser.




Postar um comentário